by

Estudante da UNTL: Governo não deu tratamento igual aos beneficiários do subsídio de 200 dólares

Francisco Gama, estudante da Universidade Nacional de Timor-Lorosa’e (UNTL), considera que o Governo não deu um tratamento igual a todos os beneficiários do subsídio de 200 dólares, visto que muitos dos reclamantes ainda não receberam o respetivo subsídio.
Francisco Gama falava na passada quinta-feira ao jornalista da Rádio Comunidade Comoro, na UNTL, em Caicoli, Díli .
O Estudante da Faculdade de Filosofia da UNTL afirmou ainda que, durante o estado de emergência decretado pelo Presidente da República, Francisco Guterres Lú Olo, a população tem sido muito afetada.
Gama lembrou, contudo, que, embora o Governo se tenha comprometido a atribuir um subsídio de 200 dólares a cada família, alguns ainda não receberam o apoio.

“Sabemos que a existência da covid-19 afetou todas as nações, incluindo Timor-Leste. Por isso, Timor-Leste decretou o estado de emergência para prevenir a propagação deste vírus. Por isso, o Governo decidiu apoiar as famílias com a atribuição de um subsídio. Contudo, o Governo discriminou alguma população, dado que alguns familiares ainda não acederam a qualquer subsídio do Estado”

O estudante sugeriu, por isso, ao Governo que acelerasse o processo de pagamento aos reclamantes. Segundo Francisco Gama, a pandemia não dificultou apenas a atividade diária da população, mas também todo o processo de ensino e aprendizagem.

“Na minha opinião, a pandemia afetou as aulas, porque as atividades escolares foram suspensas e não pudemos seguir as aulas normalmente. É difícil nós aprendermos alguma coisa nova, dado que os nossos pais são agricultores. Por outro lado, alguns não têm telemóvel para aceder à internet por forma a que pudessem participar nas aulas online”.

Também Agostinha Merlyn, estudante da Faculdade de Educação, Artes e Humanidades, disse que a pandemia da covid-19 condicionou o seu estudo, porque as aulas não foram em modo presencial, mas antes online.

“Enquanto estudante, queria dizer que a pandemia da covid-19 deu grande impacto aos nossos estudos. Pessoalmente, às vezes, tive dificuldades em aceder à rede de internet para seguir as aulas online. Isto trouxe muitos transtornos para nós. Espero que a pandemia não surja no nosso país, mas, caso ela entre, lutaremos sempre juntos para a combater”.

De acordo com os dados apurados, 2.909 beneficiários ainda não receberam o subsídio de 200 dólares.

Jornalista : Simão Oki Ganna

Editor : José Monteiro

Kona-ba Autor: Radio Comunidade Comoro

Gravatar Image
Radio Comunidade Comoro (RCC) nu’udar organizasaun mídia komunitáriu ne’ebé non-lukru no hetan inisiativa no partisipasaun másimu husi komunidade, liu-liu joventude sira ne’ebé iha ispíritu voluntarizmu a’ás hodi kontibui ba vizaun no misaun RCC nian.

Comment